Consultório


Este espaço é reservado para você encaminhar suas perguntas utilizando o link "faça sua pergunta" no final da página.

Seu questionamento e a respectiva resposta serão publicados nesta página. Caso você não deseje tal publicação, favor digite “Não desejo que minha pergunta seja publicada” ao término de sua pergunta. Assim, você receberá a resposta apenas no e-mail indicado.

Pedimos que, antes de registrar sua pergunta, você verifique se já existe questão semelhante já respondida.

Faça sua pergunta.

Clicando nas perguntas publicadas abaixo, você poderá ler as respectivas respostas.

tenho uma renda anual R$67.404.00, e meu patrimônio declarado é de R$452.600,00, como saber se esse patrimônio é compatível com a minha renda. Será que o meu patrimônio é muito alto para a renda que tenho. tem algum calculo que posso fazer para verificar isso?


Qual a melhor forma de utilizar o cartão de crédito?


Quais as melhores opções de investimento para uma pessoa com idade de 30 anos?


Quero aplicar em fundos, mas conheço apenas a capitalização. Gostaria de informações sobre fundos de investimentos de forma bem clara, já que conheço apenas a capitalização. Sobre a questão dos riscos, em que eles se baseiam? Investimento é uma aplicação mensal? O resgate antecipado resulta em perda? Como não estou especificando o investimento, qual a rentabilidade e a perda mínima e a máxima?


Tenho R$ 500 mil: qual o patrimônio ideal para ficar tranquilo? Tenho um patrimônio avaliado em torno de R$ 500 mil. Qual seria o valor ideal para um equilíbrio financeiro e, por consequência, para a tranquilidade? Faço aplicações mensais no clube de investimento da minha empresa, em um plano de aposentadoria privada e em outro clube de investimento.


Como cuidar das finanças pessoais após o casamento? Tenho 28 anos e meu noivo tem 30 anos. Vamos nos casar no fim do ano e ambos trabalhamos. Como devemos tratar nossas finanças? Como devemos tratar nossos investimentos depois de casados? Sei que ele já perdeu dinheiro na bolsa e fico com medo de arriscar minha poupança, mas não quero parecer mesquinha.


Como fazer uma proteção financeira para assegurar o futuro? Sou esposa de um dos dois sócios de uma empresa de prestação de serviços e trabalho registrada como recepcionista nela. Para proporcionar um futuro sossegado para minha família em caso de morte do meu esposo, como posso protegê-la financeiramente desde já como método preventivo?


Construir para alugar ou vender o terreno e aplicar os recursos? Tenho uma casa que alugo para pagar meu apartamento, que é alugado. Não sei se isso é um bom negócio? Trabalho na Prefeitura e no Estado. Pago aposentadoria privada há 15 anos e também o INSS desde 1983. Sempre poupei 20% do salário mínimo. Este mês comecei a pagar o teto máximo, isto é, R$ 615,00. É um bom negocio? Tenho uma poupança de R$ 120 mil. Não sei o que fazer com esse dinheiro. Posso construir "kitnets" para alugar, pois tenho um terreno, ou vender o terreno e realizar uma aplicação.


Devo aplicar todas minhas economias em um negócio? Tenho 45 anos e sou assalariado com uma renda de R$ 8 mil por mês. Tenho uma reserva de R$ 200 mil. Um amigo me convidou para abrir um negócio com meus R$ 200 mil. Segundo ele, o investimento se paga em cinco anos e consigo retirar R$ 5 mil por mês. Seria uma boa opção para minha aposentadoria?


Devo vender meus imóveis e aplicar no mercado financeiro? Tenho alguns pequenos imóveis que alugo para contribuir com minha renda familiar. No entanto, recentemente, venho me preocupando com a inflação e com alguns custos de manutenção dos imóveis. Devo continuar nesse caminho ou aproveitar o bom momento do setor imobiliário no Brasil para me desfazer dos imóveis e aplicar em alternativas? Com quem posso falar sobre minhas dúvidas em investimentos?